Forte e claro. o Federação Peruana de Futebol (FPF) está no olho do furacão, porque não só foi criticado pela fracassada renovação de contrato de Ricardo Gareca como técnico da seleção peruana, como agora teria outro problema após a decisão de FBC Melgar.