Como já lhe disse, a pandemia de 2020 obrigou-me a praticar algumas coisas e a aprender e a ousar fazer outras, entre elas a costura.

Estava obcecado em fazer um livro de agulhas, porque tinha visto alguns preciosos e Decidi fazer o meu. Terminei este trabalho em setembro, mas como outras celebrações e desafios caíram em cascata: Outono, Halloween, Ação de Graças, Natal, Ano Novo … Ufff, não vi a oportunidade de finalmente publicá-lo.

Com Este trabalho participou do Desafio Mensal do Bloguer @ s que começou em 2021 neste mês de janeiro com Maite de Hilos y Retales como anfitrião. Ela nos propôs um tema muito bom e amplo: "Vou aprender, vou aprender, vou aprender" com a técnica e / ou material que quisermos. Eu cumpri meu capricho e aprendi a fazer meu protetor de agulha.


Eu também participo do Desafio Reciclar e Criar organizado por Anna Llansa do blog Faça Você Mesmo De Todo un Poco todo mês, já que meu livro economiza agulhas, fiz isso por meio da reciclagem alguns jeans e restos de tecidos que sobraram de minhas máscaras e outros trabalhos que fiz durante a pandemia.


E bem, começamos este tutorial é longo!

Book Save Needles
Materiais:
Tecido de jeans reciclado
restos de tecidos de algodão impressos
Feltro colorido
papel adesivo de ativação de placa permanente sem ácido (Use HeatBond UltraBond)
fios
tesoura
régua
lápis
marcador para tecidos
alfinetes
clipes de pano
elástico de 2 cm de largura
2 segmentos de renda ou fita de renda de 24 cm de comprimento
modelos de figura
botões de figura para decorar
Procedimento:

1.- A primeira coisa é mandar recortar todas as peças:

– Para a parte exterior, que se vê nas fotos, o denim precisa de dois retângulos de um total de 14,5 cm x 12 cm (bainha incluída em torno de 1 cm).

– Para a parte fora da lombada 1 retângulo de 14,5 cm X 5 cm (bainha incluída ao redor de 1 cm) de tecido de algodão listrado.

– Para o interior do livro e retângulo de 14,5 cm X 25 cm (bainha incluída para todos cerca de 1 cm) do mesmo tecido listrado usado na lombada.

– Para os bolsos internos 2 retângulos dobrados e passados ​​a ferro ao meio medindo 14,5 cm x 12 cm (bainha incluída em torno de 1 cm) de tecidos de algodão estampados. Coloquei-os de forma diferente para contrastar.

– Para as folhas do livro, 2 retângulos de feltro de 12 cm X 20 cm, usei um branco com bolinhas douradas e um azul com bolinhas brancas. Eles podem ser mais folhas.


Desenhe este diagrama com as peças de que você precisa, para torná-lo mais claro.


2.- Uma vez cortadas as peças, a primeira coisa que se deve fazer é costurar no lado direito dos retângulos do denim, as fitas de renda, como se vê na foto. Costurei a uma distância de 5 cm da linha da bainha do bolo de cima para baixo, estão quase centrados. Tracei uma linha de giz para me guiar e costurei toda a borda. Tem que deixar o excesso que fica pendurado de um lado porque é aí que o livro é amarrado e costurado deixando 1 cm da bainha mais 3 mm de distância, na foto das setas você pode ver a marca com um lápis bem tênue que fiz para saber até onde ir costurando. Em seguida, prenda essas fitas internamente com alfinetes. O motivo pelo qual não quero que alcance a bainha é para que não pegue na máquina ao costurar quando montamos tudo.


3.- Agora, passamos ao papel de ativação com um ferro ou papel para fazer apliques. Usando um molde em formato de estrela, coração, lua e flor, trace as figuras na parte lisa do papel com o lado da cola para baixo.

Cortei cada pedaço deixando um cm ou mais ao redor de cada um e passei a ferro com o parte emborrachada para baixo no lado avesso do tecido . Tenha muito cuidado nesta parte, pois se errarem, as peças ficarão de cabeça para baixo.

Da mesma forma, se escolherem um desenho que desejam estar em determinada posição, desenhe em um espelho para que no final fique orientado como planejaram. No meu caso, isso não importou muito pelas figuras que escolhi, quase todas eram simétricas ou a orientação não importava.

O tempo de engomar e a temperatura variam dependendo da marca do seu papel, no meu caso usei HeatBond UltraBond que requer Passe a ferro sem vapor em temperatura média por 2 segundos, embora sempre dê mais tempo e coloque um lenço protetor de algodão entre o ferro, pressionando.


Uma vez que as figuras foram passadas a ferro, podemos cortar a borda de cada desenho, o tecido não desfia porque a cola sela as fibras do tecido.


Retiramos o papel protetor …

4.- E agora colocamos nossos apliques onde queremos e prensamos por cerca de 6 segundos, igual a temperatura média sem vapor, com o lado da cola para baixo à direita, o pano.


5.- Agora, cosemos a lombada, que no meu caso é com o tecido às riscas azuis e brancas, juntamos ao longo da bainha com as duas partes da frente. Nós passamos as costuras. Isso deve ser visto.


6.- Agora vamos juntar as partes principais do livro. Colocamos a parte externa voltada para cima com os dedos dobrados para dentro, depois os bolsos dobrados e passados ​​a ferro ao meio à direita e por fim o forro interno (o grande retângulo do tecido listrado) com o lado direito voltado para baixo. Tudo deve estar bem alinhado e preso por pinos e grampos para que não se mova do lugar.

Nota: Muito importante, nas fotos a fita de renda é visível do lado de fora, deve ser por dentro, dobrado e protegido para que não se mova.



7.- Agora cosemos ao longo de toda a linha da bainha, deixando um furo ou secção aberta, sem costura, para podermos virar os tecidos, como se vê na foto. Se você ver aqui se é melhor deixar as fitas de renda para dentro e também nesta foto é melhor apreciado até onde costurei no passo 2. Cortei os cantos para que não fiquem grumos e seja mais fácil virar a peça inteira e dar formulário.



8.- Por aquele buraco que deixamos, viramos a peça, empurrando nos cantos (uso uma agulha de crochê, ou um abacate de ponta arredondada), passamos a ferro.



9.- Agora para prender tudo, cosemos tudo à volta de cerca de 3 mm da orla, desta forma fechamos também o orifício pelo qual viramos a peça e de passagem prendemos também as fitas, por onde passa a máquina tudo. Não se assuste com as pinças, já estava antecipando o próximo passo …


10.- Agora vamos juntar as páginas, que neste caso são folhas de feltro. Coloquei duas que já costuradas ao meio, fazem 4 ou 8 páginas, mas você poderia facilmente adicionar outra se quiser.


Alinhamos as folhas de feltro centralizando-as, propositalmente cortando-as menores, de modo que não se projetem do livro ao montá-las. Prenda-os muito bem com muitos clipes e pinos para que não se movam para fora do lugar.


Em seguida, viramos tudo e costuramos 3 linhas verticais no lado externo da lombada. Aqui aproveito as listras do tecido para costurar sem desviar.


É assim que fica por dentro depois de passar a máquina pelas linhas da coluna vertebral.


11.- A seguir, costurei um segmento de elástico no centro para prender um carretel de linha nele, não prestei atenção em quanto tempo, mas você pode medir quanto tempo vai virar para segurá-lo com um excesso para costurar . Costurei as pontas à mão.



12.- E agora se divertir decorando as páginas. Em algumas passei a ferro com cuidado com mais apliques, em outras costurei botões decorativos e na última costurei um bolso de feltro para guardar as minhas enfiadas de agulha.


Os bolsos eram muito úteis para guardar tesouras, mas vou adicionar um encaixe no centro, porque às vezes quando abro o livro eles saem.


Como você pode ver, o feltro é ideal para prender agulhas e alfinetes.


E para mim é muito prático levar o livro comigo para qualquer parte da casa quando me sento para costurar ou bordar.


Bem, espero não ter deixado você tonto com este longo tutorial. Esses mesmos passos podem ser usados ​​para fazer uma capa para uma agenda (meu próximo projeto já em andamento rs), para um livro de receitas, um diário, um caderno, o que você quiser. Uma recomendação: se você usar um tecido diferente do jeans, que é mais fino, sugiro colocar uma folha de feltro dentro da capa para deixá-la mais consistente e forte. No meu caso, por causa do jeans, pareceu-me que não era necessário.

Fiz dois, como você pode imaginar por algumas fotos, porque tenho um reservado para dar à minha mãe quando a pandemia me deixar viajar, abraçá-la e beijá-la. [19659002] Você pode criar com diferentes tecidos de padrões e cores e tamanhos, um livro ou capa maravilhosa ao seu gosto. Aqui brinquei com os tecidos que tinha pela casa e que são a minha cor preferida (Não! Um pouco?).


Fonte: esta postagem vem de Pegostes y Colores, onde você pode verificar o conteúdo original.

Criado: